Mini Mundo

Para encerrar meus posts sobrre Gramado/Canela na ultima visita ano passado, vou falar sobre esta linda atração que que é imperdível principalmente numa visita com crianças.
Para todo lado que se vá cruzamos com olhinhos encantados de crianças e adultos a ver tantas atrações turísticas mundiais em escalas miúdas de 1:24.
É como se tudo formasse um pequena cidade em movimento com seus 2.500 mini-habitantes
Tudo é devidamente identificado, e se você quiser saber mais sobre cada escultura, há um personagem que fica passeando pelo parque: O Limpador de Chaminés, com quem também pode ser tirada uma foto já que, conforme a tradição alemã, esta prática traz sorte rsrs 
Se ficarmos atentos às informações do parque descobrimos que o Mini Mundo pertence a uma família que emigrou da Europa para o Brasil em 1952 a fim de recomeçarem aqui suas vidas, Otto alemão, Ritta brasileira e seu filho.
Eles construíram o Hotel Ritta Hoppner, em 1958, cuja miniatura também está no parque, e Ritta faleceu em 1973.
Ao lado do Hotel foi construída uma pequena área de lazer com balanços, casinhas... E foi esta pequena área que foi se transformando em uma mini cidade, fabricada artesanalmente, e que hoje continua sendo mantida pela mesma família, já em sua quarta geração...
 O parque também possui área de alimentação, parque infantil, espaço para redação e remessa de correspondência, e loja de presentes e lembranças do Mini Mundo e de Gramado.
O Heitor nos contou que foi a atração que ele mais gostou em Gramado, e sempre nos lembra que quer voltar lá. Merece repetição na certa!
O que mais amei ver foi a miniatura do Castelo de Neuschwanstein, cartão postal alemão, que serviu de inspiração para o Castelo da Cinderela, símbolo dos estúdios da Disney.
Em segundo lugar foi a réplica da Igreja São Francisco de Assis, pois relembrei uma gostosa viagem que fiz com meu marido e amigos à cidade de Ouro Preto (e estes mesmos amigos também estavam conosco em Gramado)
Mas também me encantei pelo Museu do Ipiranga. Ainda não conheço São Paulo, cêis acreditam? Mas estou com viagem marcada pra lá em Março!
A entrada ao parque custa R$20,00 para adultos, crianças de 2 a 12 anos pagam R$12,00 e pessoas acima de 60 anos pagam R$10,00. 

Endereço:
Rua Horácio Cardoso, 291
Horário de funcionamento do parque é diariamente das 9h 15min até às 17h

Beijocas

Paleta mexicana de manga com recheio de leite condensado e calda de blue berries

Olá pessoas!!!
Voltando as atividades culinárias do blog com essa receita deliciosa de Paleta Mexicana que super combina com esse calorão que anda fazendo aqui nos trópicos. E muito embora aqui no norte nós estejamos no período chuvoso, sempre faz um sol de rachar, como costumamos dizer aqui, antes da chuva.
 Mas quem ainda não ouviu falar da Paleta Mexicana né??? Ela tem sido uma febre ultimamente e isso se deve principalmente a criatividade na hora de compor essa delícia de picolé. Os sabores são os mais variados e inusitados... Vão desde  um chamado torta de limão (que tem até uma crostinha de biscoitos), até o de manga com pimenta, que é um dos mais tradicionais lá no méxico.
Chegando aqui no Brasil, através de algumas franquias e sendo bem recebido pelo gosto popular, a variedade continua, sendo dividida em categorias: frutas, com recheio, cremosos, diet e Premium ( que são os mais gourmet). Banana com Nutella, Açaí com banana, Cappuccino com cookies, Paçoca, Amendoim, Doce de leite, Abacaxi com pimeta, Frutas vermelhas com iogurte, Merengue e Romeu e Julieta, são alguns dos sabores... "Pense num povo criativo"...rs. As versões recheadas geralmente são com um sabor de fruta e leite condensado e foi pensando também em inovar, que eu vos sugiro essa paleta linda de manga com recheio de leite condensado e calda de blue berries.
E pensando bem, a nossa é mais deliciosa ainda porque é econômica (as paletas a venda por aí custam de 8 a 10 contos!!!). Na nossa receita não vai estabilizantes, não vai conservantes e se vc substituir o leite condensado por iogurte ou  por algo menos calórico, tipo pedaços de outra fruta, daí além de uma paleta de qualidade vc tbm terá um produto super natural e saudável.
Vamos lá fazer NOSSA Paleta caseira?
Ingredientes:
02 mangas Tommy 
1/2 xícara de água
02 colheres de açúcar(opcional)

Recheio:
Leite condensado
Calda de blue berries - 03 colheres de açúcar, uma xícara de água e 01 xícara de blue berries, ferva tudo até que chegue no ponto de calda ou que o liquido ganhe consistência mais encorpada, isso leva mais ou menos de 10 a 15 minutos em fogo médio.

Utensílios:
Corpos descartáveis de  200 ml
Corpos descartáveis para cafezinho de 50 ml
Palito de picolé
Modo de preparo:
Bata a manga no liquidificador (sem a casca e o caroço pelo amor!!!) com a água e o açúcar, como a manga Tommy é bem docinha e no recheio já vai leite condensado, vc só coloca açúcar nessa fase se vc quiser. 
A manga vai ficar com a textura de um creme (bem booom). coloque essa mistura nos copos descartáveis de 200 ml somente até a metade. Em seguida coloque os copinhos de café no centro do copo maior, tomando cuidado para não tocar nas bordas. Nesse ponto é bom vc colocar algo dentro dos copinhos de café que criem peso, formando o espaço que desejamos no centro, que é onde vamos colocar o recheio (tentei colocar somente o copinho e ele subia para a superficie). Feito isso, leve ao freezer ou congelador até endurecer, não direi o tempo aqui pq isso varia bastante.
Depois de devidamente congelado, retire o copinho do centro, preencha com o recheio, coloque o palitinho de picolé (eu tinha umas pazinhas de sorvete daquelas mais cumpridinhas aqui em casa e as usei, o que foi até melhor para as crianças pq é mais grossinha e deu uma certa estabilidade a paleta que fica um pouco robusta) e cubra com o restante da mistura de manga. 
Volte ao freezer ou congelador e deixe lá até sua paleta esteja congelada e bem durinha. 
Suas paletas ficarão lindas e deliciosas.
Beijo, abraço e até!!!



Você é feia, feia demais...

Primeiramente desculpem o post de hoje, to escrevendo do celular enquanto espero pra tirar um raio-x, explico o motivo adiante...
Eu imagino que no quesito auto-estima todo mundo deva ter seus dias ruins... Parece que chega um período que tá tudo ruim: a depilação vencida, as unhas sem fazer, o cabelo descolorido com aquele amarelo horrível, e a barriga te faz lembrar que vc pisou na academia há semanas... Sim, eu acredito que todas, mesmo aquelas que têm auto-estima elevada, em certos momentos de achem feias. É exatamente como me sinto neste momento. Pra piorar, ontem torci o pé e to andando que nem o Saci Pererê, ou seja, a academia e o salão vão ter que esperar mais um pouco...
Agora chega pra cá pra gente bater um lero. Talvez esses dias sejam úteis pra gente se olhar mais objetivamente, saber que não existe perfeição, e que a gente pode se encarar com bom humor mesmo que não esteja se sentindo linda, e saber se quer continuar assim, ou vai melhorar a imagem, e traçar planos pra isso.
A nossa imagem é o que a gente usa pra contar a própria história para os outros, cada vez que a gente se veste pra ir a algum lugar, seja para uma festa ou no mercadinho da esquina, a gente tá mostrando ao mundo quem a gente é . Então vamos se olhar no espelho e se perguntar: este visual está de acordo com quem eu sou?
Se você é do tipo que defende que o importante é a beleza interior, que veste "qualquer coisa que tiver no armário" eu digo que também sou quase assim, esta é a forma que a gente declara nossa beleza interior, tenho quase certeza que Jonh Lennon e Ghandhi não eram do tipo que ligassem para moda mas o que me vem à mente quando lembro da imagem deles? Um óculos redondo e uma túnica branca. Era essa a forma que eles expressavam o seu eu interior...
Então, a partir de hoje, eu te convido a fazermos juntas uma jornada pra usar a nossa aparência como veículo pra mostrar ao mundo quem de fato nós somos. E como conseguir isso? 
Bom o primeiro passo pra isso é saber qual é o seu estilo. Vou falar a verdade: hoje tem algo errado comigo e por isso descuidei do visual, mas sei o que é importante, conheço o meu estilo! Ele impede que eu seja vítima do meu humor e da moda, porque esta é passageira, mas o meu estilo é meu modo de ser e de me apresentar ao mundo, ele é minha marca. 
Então, vamos começar uma série de posts pra falar sobre estilos, já falei disso anteriormente aqui mas foi de uma forma muito resumida, a partir de agora vou fazer um Post pra cada um dos estilos, estou estudando e pesquisando um bocado pra passar todas as dicas pra vocês. E se não souber ainda qual é o seu estilo, não se preocupe, através de cada postagem você irá descobrir. Mas se souber e quiser deixar nos comentários, o mais pedido será o primeiro. Mas antes me desejem melhoras, por que eu quero mudar o título do post e cantar: você é linda, linda demais... 

Biquine Ripple

Meninas... Se tem uma coisa que ando precisada é de biquine, e nas minhas pesquisas pra encontrar um que me agradasse, dei de cara com o tal do modelo Ripple, que de novo não tem nada, já passeia pelas praias pelo menos desde 2012, pra você ver como estou desatualizada no segmento moda praia...
Um tanto de celebridade já aderiu ao biquininho que tem o formato de um coração por causa da costura franzida, e que me contaram, dá a aparência de levantar o bumbum, OPA! ISSO MUITO ME INTERESSA, fui pesquisar mais...
O RIPPLE foi lançado pela marca VIX que é de uma brasileira, a capixaba Paula Hermanny (e eu dando mole pelo Espírito Santo...)
Confesso que tô aceitando namorar com ele, mas pra a gente se casar preciso conhece-lo um pouco mais, vou procurar em alguma loja pra experimentar e daí conto pra vocês.
Até agora, sem biquine novo :(


Beijocas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

receba nossas atualizações do facebook, curta nossa página clicando no botão

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets

Categorias

Visualizações

Arquivo